Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Notícias

Informe-se com as notícias mais atuais

GOVERNO FEDERAL LANÇA EDITAL PARA TESTAR OS 'DROGÔMETROS' NAS RODOVIAS DO PAÍS

Os aparelhos vão identificar pela saliva se o motorista usou maconha, cocaína e outras substâncias. O primeiro momento será de testes e não haverá multas. Após a pesquisa, os aparelhos ainda precisarão ser regulamentados pelo Contran e pelo Imetro.

GOVERNO FEDERAL LANÇA EDITAL PARA TESTAR OS 'DROGÔMETROS' NAS RODOVIAS DO PAÍS

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, publicou edital para testar os drogômetro em rodovias de todo país. O aparelho funciona como o bafômetro só que vai conseguir detectar a partir da saliva se o motorista utilizou maconha, cocaína, metanfetamina e outras cinco substâncias. A  secretaria nacional de políticas sobre drogas ainda está na fase de estudos e, durante este período experimental, os motoristas deverão autorizar o teste, e não serão multados. Os  drogômetros pode custar entre  500 é dois mil reais, mas as empresas interessadas em participar do edital de chamamento público, deverão  ceder de graça os aparelhos para o governo por, no mínimo, 18 meses.

Diversos tipos de aparelhos serão testados  mas deverão ter sensibilidade mínima de 75% para detectar as drogas. A ideia é que a pesquisa começa em maio e dura até o final do ano. Depois os equipamentos comprovadamente eficazes serão regulamentados pelo Conselho Nacional de Trânsito e pelo Inmetro. Isso  só deve acontecer no início do ano que vem. O diretor de políticas públicas da secretaria nacional de políticas sobre drogas Gustavo Camilo explica que os profissionais precisaram ser treinados para usar os hidrômetros nas ruas

( sonora)

 

Para participar do edital de  pesquisa além de uma carta de interesse, as empresas deverão enviar uma série de documentação e também o manual de funcionamento do aparelho. Países como França Estados Unidos e Canadá já utilizam equipamentos parecidos em fiscalizações.Para implementação do drogômetro no Brasil o governo não vai precisar alterar o código brasileiro de trânsito que já prevê como infração o ato de dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência   

  


Fale com seus clientes!

Fale com seus clientes de forma que eles te ouçam. Anuncie conosco!

TOP
Ouvir Rádio