Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Notícias

Informe-se com as notícias mais atuais

CURSO DE DEFESA PESSOAL AJUDA NO COMBATE A VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

“Eu me amo, eu me protejo” acontece no CEMAM no bairro Retiro

CURSO DE DEFESA PESSOAL AJUDA NO COMBATE A VIOLÊNCIA CONTRA MULHER

A cidade de Volta Redonda conta com um importante projeto de enfrentamento à violência contra a mulher no município. O “Eu me amo, eu me protejo”, realizado no Centro Municipal de Artes Marciais (CEMAM), acontece duas vezes na semana no Ginásio do Retiro, e tem como objetivo atender mulheres que querem aprender técnicas de luta adaptadas para defesa pessoal em situações de assédio, abuso e agressão. O projeto acontece por parceria entre a Secretaria de Esporte e Lazer (SMEL) e a Secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos (SMIDH) às 7h e 19h, ás terças e quintas-feiras.

 

A secretária de Políticas para Mulheres, Idosos e Diretos Humanos, Dayse Penna, destacou a importância das aulas no combate a violência. “São técnicas adaptadas para defesa pessoal, no qual a mulher pode se defender de uma agressão dentro ou fora de casa. Nosso objetivo é estimular a mulher principalmente no enfrentamento à violência”, disse.

 

O prefeito Samuca Silva, enfatizou que com os recentes casos de violência contra as mulheres no país o projeto se torna ainda mais relevante na defesa da mulher.

 

“Estamos convivendo diariamente com notícias ligadas a violência contra a mulher. Precisamos pensar em políticas públicas eficazes para acabar com essa situação. A cada dia se faz mais necessários projetos que visem à defesa e a seguranças das mulheres. Estamos trabalhando para dar amparo e assistência e combater à violência contra a mulher”, disse.

 

O projeto é um grande aliado no combate a violência contra mulher, pois ensina técnicas de luta adaptadas para defesa pessoal de mulheres em situações de assédio, abuso e agressão. De acordo com Maria Paula Tavares, secretária de Esporte e Lazer, os professores da SMEL receberam recentemente uma capacitação realizada pela idealizadora do projeto ex-lutadora, Érica Paes.

 

“Além das aulas os professores também passaram por uma capacitação que tem como objetivo estimular as questões psicológicas e aulas práticas que são o grande diferencial. Trabalhando de forma preventiva, ensinamos essas mulheres a saírem de um risco de violência iminente”, contou.

 

As vagas são limitadas e as interessadas devem entrar em contato através do telefone: 33392286

 

Documentação necessária para matrícula:

- Uma foto 3x4.

- Cópia da Carteira de Identidade.

- Cópia do CPF.

- Cópia do Comprovante de Residência.

- Preenchimento do Formulário de Cadastro.

- Preenchimento do Questionário PAR-Q.

- Cópia do Atestado Médico Apto para a Prática de Atividade Física. (Se houver necessidade mediante as respostas do questionário PAR-Q)


Fale com seus clientes!

Fale com seus clientes de forma que eles te ouçam. Anuncie conosco!

TOP
Ouvir Rádio