Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Notícias

Informe-se com as notícias mais atuais

Crise na Venezuela: Brasil deveria liderar busca por solução no lugar dos EUA, diz professor de Oxford

Para David Doyle, Brasil deveria encarar o papel de maior país da América do Sul e assumir a liderança nas negociações para retirada de Nicolás Maduro do poder

Crise na Venezuela: Brasil deveria liderar busca por solução no lugar dos EUA, diz professor de Oxford

Para viabilizar uma saída pacífica e rápida para a crise na Venezuela, o Brasil deveria assumir a liderança nas iniciativas por negociações com o governo de Nicolás Maduro, exercendo o "papel de maior país da América do Sul" e colocando os Estados Unidos em um segundo plano nesse processo. Essa é a visão do professor da Universidade de Oxford David Doyle, especialista em relações internacionais da América Latina.

"Se os Estados Unidos se envolvem, isso gera resistência de Nicolás Maduro e pode levantar questionamentos de Rússia e da China, aliados do governo venezuelano. A melhor solução, na verdade, envolveria uma negociação liderada pelo Brasil em busca de uma saída pacífica e isso exigiria entregar algo a Maduro", afirma.

Em entrevista à BBC News Brasil, Doyle argumenta que, para evitar um conflito armado na Venezuela, é necessário oferecer a Nicolás Maduro anistia por crimes que tenha cometido enquanto estava no poder ou a possibilidade de viver com segurança em algum outro país.


Fale com seus clientes!

Fale com seus clientes de forma que eles te ouçam. Anuncie conosco!

TOP
Ouvir Rádio