Minhas Compras
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!

Notícias

Informe-se com as notícias mais atuais

Depois de agredida pelo marido, gravida morre no Hospital da Mulher em Barra Mansa

Agredida pelo marido morre no hospital da Mulher em Barra Mansa

Depois de agredida pelo marido, gravida morre no Hospital da Mulher em Barra Mansa

Uma mulher grávida morreu na madrugada desta terça-feira (5) durante um parto prematuro de emergência após ser espancada pelo marido em Barra Mansa, no Sul do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Militar (PM), Maria Edjane de Lima, 35 anos, deu entrada na tarde de segunda-feira (4) no Hospital da Mulher com sangramento vaginal e sinais de agressão, informando que foi chutada, inclusive na barriga, pelo companheiro, de 45. Como o sangramento não cessou e ela apresentou descolamento de placenta, foi levada para o Centro Obstétrico para fazer a cirurgia.
Por volta de 17h40, o bebê, que é uma menina, nasceu de 27 semanas, menos de sete meses de gestação. Ele está internado na UTI Neonatal da unidade médica.
Durante o parto de emergência, a mulher apresentou problemas respiratórios, e foram realizados diversos procedimentos médicos para tentar reanimá-la, e também para conter a hemorragia, mas ela não resistiu e morreu às 01h30. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Volta Redonda, que vai apurar a causa da morte, e para confirmar também se houve relação do óbito com o fato dela ter sofrido agressão.
De acordo com a PM, o marido da vítima chegou ao hospital exaltado exigindo a documentação dela. A polícia foi chamada e ele foi encaminhado à 90ª Delegacia de Polícia (Barra mansa). O homem foi ouvido e liberado, pois a delegacia aguarda o laudo do IML para confirmar se ele foi o culpado pela morte. Segundo testemunhas, o homem já tinha agredido a esposa em outras situações.


Fale com seus clientes!

Fale com seus clientes de forma que eles te ouçam. Anuncie conosco!

TOP
Ouvir Rádio